sáb., 21 de nov. | Roda de Conversa

"Notas sobre um Escândalo e Papoulas em Feltro Negro"

A inscrição está fechada
"Notas sobre um Escândalo e Papoulas em Feltro Negro"

Horário e local

21 de nov. de 2020 16:00 – 18:00
Roda de Conversa

Sobre o evento

Filme |  "Notas sobre um Escândalo" de Richard Eyre

Uma professora prestes a se aposentar, dominadora e com as emoções ao extremo,  passa a considerar  uma colega recém contratada, como sua melhor amiga. Possuindo uma atração velada pela nova professora, ela passa a  chantageá-la quando descobre uma relação entre ela e um de seus alunos.

Conto | "Papoulas em Feltro Negro" de Lygia Fagundes Telles

Colegas de turma se reúnem, depois de anos, para homenagearem uma velha professora que, para a narradora, era uma megera pouco merecedora de comemorações.  Este encontro a conduz, sem dificuldades, mas não sem mal-estar, para um retorno ao passado. Nele, ela se depara, sem muita alegria, com o desprazer de ter conhecido a professora – alvo de sua mais severa aversão. No entanto, a verdade nem sempre pode ser auferida se considerada por apenas um ângulo de visão. Quem de fato é algoz ou vítima nesta história?

A noite escura e mais eu (belo título, de um poema de Cecília Meireles usado na epígrafe), entre todos os livros de contos de Lygia, talvez seja a sua obra-prima. Pela unidade, pela densidade, pela extraordinária dignidade que confere à língua portuguesa, mesmo quando trata de temas ou situações sórdidas, perversas, violentas. Ler Lygia Fagundes Telles, para quem é dado a esses requintes, traz o prazer da descoberta da beleza, sonoridade e expressividade da nossa língua. Caio Fernando Abreu. “Revi a menina comprida, de cachos úmidos enrolados na vela. No cheiro da memória, uma vaga aragem de urina, ela urinava na cama.” “E de repente me vi repartida em duas, eu e a menina antiga com ar de sonâmbula, estendendo a mão para pegar o giz.” "Toda memória, embora tenha por terreno o real, é invenção.” "É preciso coragem para ver o real, ao invés do conveniente." “O Erro de uma pode ser a oportunidade da outra.” "As pessoas sempre confiam à mim seus segredos. Mas a quem posso confiar os meus ? "

Material de apoio: Clique aqui!

Compartilhe este evento